sexta-feira, 9 de junho de 2017

FRENTE BRASIL POPULAR – SP


Em reunião ampliada, realizada em 08/06/2017, o coletivo estadual da FBP-SP, deliberou:

A FBP-SP intensificará as mobilizações pelo Fora Temer e Diretas Já, mas o fará associado a indispensável batalha por Nenhum Direito à Menos e contra as Reformas da Previdência e Trabalhista, que continuam em curso no Congresso Nacional.

A FBP-SP saúda a criação das Frentes Suprapartidária por Eleições Diretas e a Frente Nacional Ampla pelas Diretas Já. Estas iniciativas visam ampliar e fortalecer a campanha pelas Diretas Já. Somos favoráveis à ampliação da campanha pelas Diretas Já, porém sem excluir partidos políticos, sindicatos ou qualquer outro segmento da sociedade.

Em sintonia com as Centrais Sindicais a FBP-SP atuará com total prioridade para construir a greve geral no dia 30 de junho, promovendo reuniões, debates e outras ações e iniciativas, inclusive no próprio dia da greve – que é tarefa de toda a classe trabalhadora.

A FBP-SP delibera dar a mais ampla divulgação do Plano Popular de Emergência para enfrentar a crise política, econômica e social. Uma proposta em construção, mais que está sendo fundamental no debate programático e, é um instrumento de articulação, resistência e mobilização popular.

Estimulamos que todas as nossas entidades, Frentes e Comitês regionais, Centros Acadêmicos, câmaras municipais façam o lançamento do Plano Popular de Emergência da FBP, inclusive como forma de interiorizar e fortalecer a Frente em todo o Estado de São Paulo. Várias frentes regionais já marcaram o lançamento do PPE. Nossa meta é lançarmos em todas as regiões da capital, Grande São Paulo e interior.

A FBP-SP construirá mobilizações nas periferias da capital, por Diretas Já e Nenhum Direitos à Menos.  Participaremos de todas as manifestações pelo Fora Temer, Diretas Já, Nenhum Direito a Menos e contra as Reformas da Previdência e Trabalhista, com prioridade para o seguinte calendário:

- Ato das mulheres pelas Diretas Já, 11 de junho, às 12h, no Largo do Arouche, no Centro de São Paulo.

- Atividade de paralisação, agitação e mobilização rumo à greve geral, 20 de junho, na Praça da Sé, às 17h.

- Audiência Pública sobre a educação na ALESP com a presença do secretário José Renato Nalini, 27/6, às 14h.

- Acampamento da moradia, 28/6, às 14h, no Centro de São Paulo.

-  Ato Geral no 30/6, às 15h, na Avenida Paulista seguido de caminhada pela Brigadeiro Luiz Antonio até a Praça da Sé.

Frente Brasil Popular-SP

2 comentários:

  1. Wonderful post however , I was wanting to know if you could write a litte more on this subject? I’d be very grateful if you could elaborate a little bit further. Bless you! 카지노사이트

    ResponderExcluir
  2. It is in point of fact a nice and helpful piece of info. I’m happy that you shared this helpful info with us. Please stay us up to date like this. Thank you for sharing. 토토사이트

    ResponderExcluir